quinta-feira, 31 de maio de 2007

Mais um ano

Olá! Hoje comemoro mais um aniversário, mais um ano a acrescentar a esta minha curta vida...15 anos não será muito para grande parte das pessoas, mas é importante para mim, tal como para os outros da minha idade.
Neste dia de aniversário só tenho a agradecer a todos aqueles que se lembram de mim, que se lembram que eu existo, que de alguma forma tornaram o meu dia mais especial...Muito obrigada por tudo, do fundo do coração! Nunca vou esquecer!! Se todos os dias as pessoas nos dessem tanta atenção e tanto carinho como nestes dias especiais (digamos assim), não me importava de fazer anos todos os dias...LOL!
E posso dizer mesmo: o meu dia foi bom, gostei sim! Mas apenas porque foi dia de aniversário...amanhã tudo volta ao mesmo. mas pelo menos as coisas boas ficarão para sempre guardadas no pensamento!
OBRIGADA a todos! pelo menos o dia de hoje fez-me sentir mais feliz...
Será que sou menor que os outros por não fazer tudo o que eles fazem? ou será que a maturidade das pessoas não está naquilo que fazem, mas sim naquilo que são? Na verdade, acho que sei a resposta...mas muitas vezes acabo por acreditar que sou inferior. Não sou menos que os outros, ninguém é menor ou maior que ninguém...somos todos seres humanos com os mesmos direitos e deveres...ninguém tem mais ou menos valor...ninguém tem o direito de julgar os outros...cada um tem a sua maneira de ser! E eu sou como sou...
E pronto...amanhã vai voltar tudo ao habitual, mas é assim a vida! bjinhos e mais uma vez...obrigada! xD

domingo, 27 de maio de 2007

Fantasmas



Todos nós temos «fantasmas» na nossa vida...uns maiores, outros mais pequenos, mas todos nos fazem sofrer. Há aqueles que nos assombram durante a vida inteira, outros aparecem de um momento para o outro, de modo inesperado...há quem consiga livrar-se deles, há quem viva atormentado para sempre.
No fundo, estes fantasmas são os problemas, as angústias, as tristezas, as dificuldades que não conseguimos ultrapassar...é por isso que são fantasmas, porque nos assombram, porque nos provocam medo, porque nos assustam...E não há ninguém no mundo que nunca tenha sido assombrado por um «fantasma», por mais pequeno que seja...no caminho da vida todos nós os vamos encontrando. Eles estão sempre presentes, dentro de nós, na nossa mente...no entanto há quem prefira acreditar que eles não existem porque têm medo de enfrentá-los. Não há melhor maneira de os vencer senão enfrentando-os «cara a cara»...não é ignorando, mas sim enfrentando! Mais ninguém os pode deter, mais ninguém os pode levar...apenas nós próprios o podemos fazer!

Gosto muito desta música, principalmente da letra. Decidi pôr o vídeo porque transmite uma mensagem forte que sensibiliza qualquer um...não é feito com pessoas famosas, ricas e felizes, não mostra o lado «cor-de-rosa» do mundo...antes pelo contrário, mostra a triste e dura realidade; o mundo escuro onde tantas pessoas vivem...é isto que é preciso mostrar porque, infelizmente, é este o mundo em que vivemos! E estas pessoas merecem reconhecimento!
Espero que isto vos toque o coração tanto quanto me tocou.
Uma boa semana para todos...e acima de tudo: encontrem coragem para enfrentar os vossos «fantasmas»!

domingo, 20 de maio de 2007


Olá! cá estou eu de novo, após muito tempo sem aparecer...peço desculpa pela ausência, mas espero que compreendam.
Na verdade, não tenho novidades para contar mas senti a necessidade de actualizar o blog...de qualquer maneira há-de aparecer alguma ideia para escrever.
Não falta muito tempo para acabar as aulas...e nós (9º ano) terminamos mais cedo porque temos que estudar para os exames nacionais. E com tudo isto, a ansiedade começa a crescer cada vez mais...os nervos, o "stress", o MEDO!! é impossível fugir a estes sentimentos...e como consequência, por vezes, vem a tristeza.
A tristeza...aquela que nos domina, aquela que é mais forte, aquela que nos abala... poderia fingir que estou bem, mesmo quando não estou, mas não consigo! é uma coisa que detesto...dar a mostrar aos outros que estou feliz quando não é isso que sinto! estaria a mentir a mim mesma...prefiro mostrar a verdade...não importa o que os outros pensam!
Que querem que eu faça? Que diga que sou feliz? Que diga que a minha vida é maravilhosa?
É tão fácil olhar para a vida dos outros...para nós, os problemas dos outros parecem sempre insignificantes. Eu olho para os problemas dos outros como algo "banal" e tenho noção que muitas pessoas acham os meus problemas uma coisa mínima...
E é injusto...é injusto sofrer assim e ainda ser olhado como uma criança que nem sabe o que é a vida... podem até chamar-me criança e dizer que não tenho experiência nenhuma para falar de sofrimento, mas a verdade é que sofro, sempre sofri, desde tão pequena que nem me lembro a idade que tinha. Não é fácil ter que enfrentar "os outros"; não é fácil ter que refugiar-se no silêncio, mesmo que essa pareça a "opção" mais simples. ficar em silêncio envolve ter ainda mais atenção sobre nós, o que se torna mais embaraçoso, pois ao ficarmos em silêncio, o objectivo é precisamente fugir das atenções dos outros, esconder-se de tudo e de todos. mas nem sempre é isso que acontece.
E a minha vontade por vezes é fugir...fugir para um lugar onde ninguém possa encontrar-me, onde ninguém fale comigo, onde ninguém me conheça...
Porque não é fácil ser vista como uma criança que nem fala com os professores, no meio de todos os outros que se consideram adolescentes, quase adultos...porque para esses tais adolescentes, eu não significo nada! sou uma miúda qualquer que ali anda, mas que quase ninguém vê... e Esses nunca compreenderão o meu sofrimento... Esses nunca olharão para mim como uma pessoa normal... Esses nunca perceberão o que se esconde por trás desta cara de criança. Nunca saberão aquilo que eu sinto, simplesmente porque Esses nunca o sentiram!
Talvez um dia ainda possam dizer «Afinal a miúda era normal...aparentemente criança, mas escondia uma face que nós nunca conhecemos!»...pouca gente, para além de mim mesma, a conhece...poucas pessoas entendem e respeitam as minhas várias maneiras de ser e estar...poucas pessoas compreendem o porquê da minha mudança repentina de comportamento consoante os lugares e as pessoas com quem estou. Talvez a única pessoa que o compreende por inteiro, seja eu mesma...apenas eu...porque apenas eu sei o que sinto e isso mais ninguém poderá saber, nem mesmo aqueles que melhor me conhecem.
Por causa deste «obstáculo» eu não Vivo...e digo viver no sentido de aproveitar cada dia, de Viver a sério, Viver feliz, sentir-me completa. mas faltará sempre qualquer coisa... queria ser como os outros, pelo menos poder fazer o que eles fazem...poder Viver como eles Vivem...
mas há muito tempo que deixei de ser como os outros...na verdade nunca o fui. já perdi imensas coisas boas da vida, mas talvez um dia possa recuperar o tempo perdido!
Haverá sempre alguma coisa que me faça acreditar...haverá sempre alguém que me dê força para continuar...haverá sempre uma Vida à minha espera... e talvez um dia possa juntar-me a ela!
Hoje estou assim...nem sei se isto é pessimismo...talvez apenas alguma tristeza.
Obrigada àquela pessoa que me faz sorrir de verdade...juro que mais ninguém o consegue da mesma maneira! não sei como isto aconteceu nem porque só tu me fazes sentir assim, mas é verdade e isso garanto-te...és a minha Melhor&Maior Amiga! (e acho que nem preciso dizer quem é...porque ela* sabe e os outros também devem imaginar). Isto é o que eu chamo a verdadeira ironia do destino! xD
e pois claro que também agradeço às outras pessoas...porque o vosso apoio também conta, ok?
e agora mais uma semana...e pressinto que não vai ser nada fácil...provas :'S ...e amanhã: aula d ed.física...nem comento!! só digo que tou farta daquilo!
uma boa semana para todos! fiquem bem!!

quinta-feira, 10 de maio de 2007



Já nao aparecia aqui há algum tempo...nao tnho andado cm muita disposição pra escrever e na verdade nem sei o que dizer. ultimamente nao ando lá mt bem, tb nao sei explicar porquê...nao me sinto bem comigo, dps há imensas coisas que se vão acumulando, e eu acabo por ter umas recaídas...são fases...houve umas alturas em que consegui estabilizar, andava mais equilibrada, ainda conseguia controlar as tristezas..mas tal cmo eu disse, são fases que eu tenho e posso dizer que agora estou de novo numa daquelas fases difíceis. é difícil explicar o porquê de me sentir assim agora, se já noutras alturas as tristezas eram as mesmas. tb n sei...pode ser a «pressão» que eu sinto por o fim do ano estar cada vez mais próximo, assim como a mudança de escola e td o resto...
há alturas em que chego ao fim do dia completamente de rastos...cansada, não fisicamente mas a nível emocional...porque há dias que «mexem» comigo, em que acontecem coisas que mesmo que eu não queira deixam-me triste, porque há coisas que me fazem sentir frustrada, coisas essas que para os outros são absurdas mas que contribuem para a minha tristeza. nem vou estar aqui a dizer que coisas são...em geral já se sabe que tudo se baseia no «obstáculo», ou nem sempre, mas tem sempre algo a ver cm isso. e há dias em que lido melhor com isso, e outros em que fico «arrasada»...sempre foi assim...simplesmente há dias melhores e outros piores.
nao tnho mais nada a dizer...obrigada a todos pelos 7 comentários do post anterior:)
fico por aqui, até breve!

terça-feira, 1 de maio de 2007

Momentos inesquecíveis


Olá! bem, ja devem tar a imaginar qual é o assunto d que vou falar...viagem d finalistas, exactamente..xD
o q tenho a dizer?? foi mt fixe...um f.d.s divertido, q jamais esquecerei...apesar das coisas menos boas acho q consegui abstrair-me um pouco dos problemas e aproveitar os momentos com os amigos...afinal foram eles q tornaram tudo aquilo especial (alguns...). foi algo para nunca esquecer...tal como muitas pessoas disseram foi um acontecimento que irá ficar pra smpre na nossa memória (pelo menos na minha) e será relembrado como uma coisa BOA! é engraçado, mas normalmente eu só vejo o verdadeiro valor das coisas dps d elas acontecerem, quando já acabaram...e agora dá-me vontade d voltar pra lá...LOL..até pk lá o tempinho tava mt melhor :'( kem me entende??
e nao tenho mais nada d especial a dizer...só mesmo agradecer a todos os q comentam, aqueles q me dão força, aos amigos q tao smpre aqui quando preciso...(nem sao assim tantos...por vezes sinto q alguns amigos q eu pensava q estavam smpre ao meu lado afinal nao estão........oh, nem liguem! isto é mesmo por causa da chuva......talvez passe...ou não..)...e OBRIGADA a quem merece e mais nada...
ainda bem q hj é feriado...um dia pra me conformar k amanha é pra voltar à escola :( lá vamos nós voltar ao mesmo...ja disse q tou farta?? (é provável...)
nao tou cm inspiração nem vontade pra escrever mais...até à próxima!