sábado, 30 de dezembro de 2006

A liberdade

Olá. hj decidi deixar aki um poema (se assim lhe kiserem chamar) k eu fiz há mt tempo. axo k foi kuando estava no 6º ano. o tema é a liberdade...n está nda d especial, mas aki vai:


A liberdade é como uma pomba branca,

A voar no céu imenso, cheia de esperança.

Uma gaivota que voa sobre o mar azul,

Sobre as ondas fortes que batem nas rochas.

É um grupo de crianças cantando e dançando

Alegremente pelo campo a florir.

É poder dizer o que se quer

Ter os seus direitos, ser alegre e feliz.

Cantar as músicas que quiser

E "não levar com a colher".

É passear por onde se quer e ser solidário.

É um pássaro que finalmente sai da gaiola

E constrói o seu ninho numa árvore

Que partilha com os outros pássaros.

É ter os amigos que se quer e voar com eles,

Para bem longe como uma andorinha,

Que parte para um país quente e que constrói o seu ninho, onde quiser.

É como um barco que parte do seu porto e navega, navega,

Sonhando e olhando as estrelas e o luar que brilham na água,

E sonhar que um dia irá à Lua e voa, voa para bem longe deste Mundo,

Onde os Homens fazem guerra e prejudicam a liberdade de todos!

sexta-feira, 29 de dezembro de 2006

Olá... apareci aki nem sei bem pk, n faço ideia do k vou escrever, mas o k é certo é k algo me disse k eu devia vir aki desabafar, mas sinceramente n sei pra dizer o kê. ando triste... msmo k tente disfarçar há smpre alguma coisa dentro d mim k n está bem. e isto msmo sem eu kerer. é uma tristeza k por vezes parece bem pekenina mas k faz toda a diferença. as férias tão kuase a acabar, algo k tb contribui um pouco para a minha tristeza...posso até ser pessimista demais, ou apenas vejo o lado negativo das coisas, mas o k é certo é k nunca estou bem cm a vida ou comigo mesma. tenho medo do futuro, tenho medo do rumo k a minha vida possa tomar, tenho medo d escolher os caminhos errados...mas sobretudo tenho medo d um dia ter k enfrentar o "mundo real" e ter k tomar decisões importantes, nas kuais agora nem kero pensar. mas o k é certo é k uma dessas decisões n está mt longe d acontecer... ainda n me mentalizei k para o próximo ano vou ter k decidir akilo k kero seguir na vida:( n sei o k gosto, n sei o k kero estudar, n sei para onde vou estudar. depois outra das questões tem a ver cm este Obstáculo na minha vida, e eu n sei cmo livrar-me dele. até kuando vou ter k viver cm ele? cmo é k eu me vou livrar dele? essa é k é a minha preocupação: cmo livrar-me dele. e as pessoas pensam k é tudo mt fácil. pensam k é só chegar ao pé d alguém e começar a falar normalmente, cmo se nada fosse. mas as coisas n são assim tão fáceis, nao pra alguém k está tão habituado ao silêncio, alguém k tem medo d falar, alguém k se sente "bloqueado". é assim mesmo k me sinto..bloqueada! cmo se algo me impedisse d falar, cmo se algo me bloqueasse a voz. Não sei pk razão este Obstáculo apareceu na minha vida. talvez até cm o objectivo d me defender, d me proteger. mas se alguma vez isso aconteceu, agora já n tem essa função. antes pelo contrário, agora apenas me prejudica, apenas me incomoda e acaba por atrapalhar a minha vida. pode ter sido fácil ele aparecer mas desaparecer vai ser uma tarefa mt difícil e eu n sei se estou preparada pra isso. vou precisar d mta força pk esse vai ser talvez o mais importante passo da minha vida!
agora vou deixar aki um pekeno poema k vi e k gostei:
Queria ser livre
E voar até ao infinito
E ao regressar
Nascer de novo
Ganhar asas
Viajar
Ver o mundo
em tons de verde
Ou até mesmo azul
Quem sabe?
Tenho ânsia de viver
Quero paz
Caminhar serenamente
Em busca de um novo eu
Seguir a linha do horizonte
Saltar o muro
E vencer.

Um bom ano 2007...espero k este novo ano seja muito melhor k 2006.

sábado, 23 de dezembro de 2006

É NATAL!!

Olá a todos! pois é, estamos mesmo na época do Natal, uma época k por acaso gosto muito...
sei k pra algumas crianças o Natal é uma época cmo outra kualker pk n têm uma família, uma casa, k não têm o k comer, k têm doenças graves, k nunca receberam um único presente... e eu posso agradecer a Deus por ter tudo akilo k mtas pessoas n têm... no fundo, akilo k é essencial.
Pra mim um Natal especial tem k ser passado cm a nossa família... no fundo, é nesta época k as pessoas andam mais unidas, kuando há mais solidariedade, mas isto n devia acontecer só no Natal... pra mim sem família e sem amigos, o Natal n faria o mesmo sentido, tal cmo todas as alturas do ano..é claro k isto n é só no Natal!
Mas pra além d ser Natal, estamos também no fim do ano 2006... um balanço deste ano? talvez o balanço n seja positivo nem negativo... talvez medíocre. foi um ano cmo todos os outros... aconteceram coisas boas, k apesar d serem poucas são inesquecíveis, e aconteceram coisas más, cmo sempre estas têm k existir.. mas os maus momentos n precisamos d recordar, apenas eskecê-los, deixar pra trás o passado, lembrando apenas as boas recordações... Tantas coisas aconteceram e o ano passou tão rápido... parece k ainda ontem foi o início do ano e agora já está a acabar... a vida é assim, o tempo n espera por nós, e os anos vão passando sem nós nos apercebermos... tenho tantos desejos para este novo ano k está a chegar... tal cmo tb tinha desejos para 2006, desejos estes k n consegui ver realizados... mas a esperança é a última a morrer, e por isso mesmo vou tentar entrar em 2007 cm o pé direito.. espero k este novo ano nos traga também uma vida nova, e k seja melhor k 2006.. e claro há também os desejos habituais: saúde, paz, alegria, amizade, optimismo, coragem, esperança, amor, felicidade... coisas importantes k nunca podem faltar na nossa vida! Desejo então a todos um FELIZ NATAL cm tudo d bom, cm mta alegria e um ano 2007 mt mt feliz em k todos os vossos sonhos se realizem!

quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

O obstáculo k me dificulta a vida....

Oi... apareci só pk me apetece escrever alguma coisa, apesar d n saber bem o k hei-de escrever. n estou cm inspiração, normalmente só tnho insipiração durante a noite..lol..mas n sei pk..se calhar é pk penso demais nas "coisas".
na semana passada não vim cá pk tive testes todos os dias, menos na sexta-feira, claro, k foi feriado. foi uma semana mxmo cansativa! felizmente são kuase férias!! tou mxmo a precisar, mas deviam ser maiores....
no sábado passado foi o baile d finalistas (um dos bailes...), pra arranjar dinheiro... no princípio n keria ir, mas dps pensei melhor e axei k devia ir, poix ainda n sei se vou à "viagem" d finalistas, e mxmo k n fixesse nada era bom k foxe ao baile... plo menos já n podem dixer k n participei em nada... Nem foi nada d especial (já o esperava) mas tb n foi axim tão mau... às vexes n sei do k tnho medo.. mas a verdade é k este medo n surge por acaso..
É óbvio k este medo deriva do "Obstáculo" (este é o nome cm k eu vou passar a chamar este meu "problema", pk no fundo é o k ele é... um obstáculo na minha vida, um obstáculo para a felicidade, k me impede d faxer tantas coisas...). A psicóloga dixe k eu devia tentar encontrar um nome para este "bloqueio", d forma a dar-lhe "vida", pra tentar conhecê-lo melhor... e eu axei k este nome tinha td a ver cm o "papel" k ele desempenha na minha vida.
Mas continuando a falar do medo... é natural k eu tenha smpre algum "receio" d ir a festas assim, onde estejam mtas pessoas, k eu n conheço d lado nenhum... dps já sei k nao me vou divertir cmo os outros... cada vez k olho à minha volta penso: "Será k eu sou normal?"... dpx sozinha acabo por descobrir k sim, sou normal, mas apenas diferente dos outros... sinceramente, por vezes chego a desconfiar se estarei no mundo certo... pk eu n me identifico cm ninguem à minha volta... n me imagino a faxer as coisas k os outros faxem... mas cada um tem a sua maneira d ser e eu sou assim! e não vou mudar a minha forma d ser... reconheço k tenho muitos defeitos, max um dia pode ser k as coisas mudem...