sexta-feira, 29 de setembro de 2006

A razão da vida...


Olá! finalmente é fim de semana, é certo k tb passa depressa, mas nós não podemos pensar dessa maneira tão pessimista. ou melhor, eu não devia pensar dessa maneira tão pessimista, mas tb há poucas coisas na vida, k eu olho com optimismo.
Às vezes, olho para a vida e penso: "mas afinal kual é k é o sentido da vida; kual é a razão de nós andarmos aki à face da Terra, pra depois um dia virarmos pó?!" são parvoíces k com certeza toda a gente pensa algumas vezes, são questões sem resposta, às quais ninguém sabe responder. e tal como esta há muitas outras dúvidas e questões k por vezes nos invadem a mente... mas tudo isto pra dizer k se nós fôssemos descobrir kual era o sentido, kuais eram as razões de tantas coisas na vida, era difícil encontrar a resposta. razões para nos sentirmos felizes, só se acontecer mesmo algo de muito bom na vida que nos faça sentir alegres... mas o k muita gente não pensa é nakelas coisas mais simples da vida, por exemplo a simples razão de estarmos vivos (se bem k às vezes, preferíamos não estar, só pra não enfrentar os problemas), a simples mas tão valiosa razão de termos saúde, a simples mas tão maravilhosa razão de termos uma família e amigos que nos ajudam... e estes são apenas alguns motivos pra nos sentirmos felizes. mas para nós, no dia-a-dia isto são coisas tão banais, tão naturais k nós nem pensamos nelas. em vez disso pômo-nos à procura de respostas para questões sem resposta certa.
Comecei por escrever sem nenhuma ideia em mente e acabei por falar... na razão da vida?! talvez...por vezes akeles sentimentos k guardamos lá mais no fundo acabam por sair de um modo inesperado, mas é bom pensar nessas coisas, nessas questões sem resposta que muitas vezes nos deixam "ansiosos" para as descobrir enquanto a resposta está mesmo à nossa frente: a vida. a própria vida que como descobri num poema é como uma escada em caracol, que não tem corrimão, vai em direcção ao Sol mas não passa do chão. parece um enigma difícil, pois parece, mas a resposta é tão simples como o k eu já disse antes: é a vida!!

quinta-feira, 21 de setembro de 2006

A tradução da letra da música "The Voice Within"

Oi. atendendo ao comentário da minha irmã, resolvi colocar aqui no blog a tradução da letra (retirada do site www.vagalume.com.br) da música k postei anteriormente. É que realmente dps de ler a letra apercebi-me que esta tem um significado mt especial e que até se poderia considerar dedicada a qualquer rapariga ou "menina jovem" que sofra, neste caso até mesmo a mim.
Juro que foi pura coincidência. já tinha ouvido a música, tinha gostado mt dela e por isso resolvi postá-la aqui no blog, mas nnca pensei que a letra fosse tão significativa pra mim. Então aqui vai:
(dsclpem-me pk pode conter algumas palavras de origem brasileira, visto k o site é brasileiro)...

Jovem menina, não chores
Eu estarei contigo quando o teu mundo começar a cair
Jovem menina, está tudo bem
As tuas lágrimas irão secar, tu logo serás livre para voar

Quando tu estás segura no teu quarto tendes a sonhar
Com um lugar onde nada é mais difícil do que se vê
Nunca ninguém quer ou se importa em explicar
No que uma dor no coração pode trazer ou significar

*Refrão*
Quando não há mais ninguém
Olha dentro de ti mesma
Como o teu mais antigo amigo,
Apenas confia na voz interior
Assim tu encontrarás a tua força
Que guiará o teu caminho
Se tu começares a aprender a confiar
Na voz interior

"Mocinha", não escondas
Tu nunca mudarás se apenas fugires
"Mocinha", apenas aguenta firme
E logo verás o teu dia mais brilhante

Agora num mundo onde a inocência é rapidamente clamada
É tão difícil manter-se no chão quando se tem tanto medo
Ninguém estende uma mão para tu te segurares
Quando se está perdida por fora olha para dentro da tua alma

*Refrão*

Sim...
A vida é uma jornada
Pode levar-te a qualquer lugar que tu escolheres
"Contanto" que tu aprendas
Tu vais achar tudo aquilo que precisarás saber

(Sê forte)
Tu consegues
(Aguenta firme)
Tu consegues
Apenas não vás desistindo de ti mesma
Ninguém te pode parar
Tu sabes disso, estou a falar contigo

*Refrão*

Jovem menina, não chores
Eu estarei contigo quando o teu mundo começar a cair

**Fim**

sexta-feira, 15 de setembro de 2006

Escola outra vez...NÃO!!

Oi. Hj começaram as aulas... só de pensar k agora tenho um ano inteiro pela frente, cm tantas aulas, tantos testes, tanto trabalho e ainda por cima: os exames nacionais, kuase me dá uma "coisa má"... kero férias outra vez (lol)!! mas vou ter k aguentar, assim como todas as outras pessoas, tenho k enfrentar a vida... temos k ter paciência!! desejo um bom ano lectivo pra todos e estudem mt (ai, k vontade, n é?)!! xau...bjs

quarta-feira, 13 de setembro de 2006

Acabou...

Acabaram as férias...infelizmente. Foram boas enkuanto duraram, mas agora chegou a hora de enfrentar a vida, o mundo real. acabaram os bons momentos, o descanso, a tranquilidade, as dormidas até tarde, as diversões, os convívios em família, as gargalhadas. Acabou o Verão, o Sol, a alegria, os passeios.
As pessoas admiram-se e perguntam: mas pk é k odeias assim tanto a escola? será k nao há nda na escola k tu gostes? Nunca ninguém irá entender o k eu passo nakela escola, pk isso está dentro de mim. talvez o problema nao seja a escola, nem os outros, mas o problema sou EU! sou eu k vejo as coisas desta maneira, pk + ninguém sente isso. o k para os outros são os pormenores mais simples e absurdos deste mundo, pra mim são as coisas + complicadas e mais complexas. e a única explicação é: pois, sou eu k faço os filmes, sou eu k torno as coisas difíceis (segundo dizem os outros). por ex.: uma coisa kualker k é preciso comprar na papelaria da escola...pronto, torno logo num pesadelo, até me custa adormecer só de pensar nisso. Absurdo, n é? pois, deve ser a coisa + estúpida k ja ouviram. para os outros é fácil. compram a "porcaria" de uma folha de teste, por ex (estão a ver, uma simples folha!!), numa correria, msmo dps de a campainha tocar, à pressa, chegam à aula e pronto lá têm a folha, ou as folhas, ou seja o k for. e eu? eu tenho k andar dependente das minhas amigas, se eu lhes pedir elas compram-me, às vezes um bocadinho sem vontade, mas compram. e vocês pensam: então está td resolvido! pois, está td resolvido desta vez, e das outras? tenho k andar smpre a pedir o msmo, chegando ao ponto k elas se fartam.
e são algumas destas coisas sem importância k se fazem logo num bicho de 7 cabeças, ou seja, k eu torno num bicho de 7 cabeças. mas como é isto, são outras coisas. Compreendem agora um pouco da minha angústia? talvez nao. nem sei o k preciso fazer + pra k os outros percebam, nem adianta...